.Mais sobre mim

.BEM-VINDO/A!

Bem-vindo/a a este blog dedicado à talentosa atriz portuguesa Rita Pereira. Aqui encontrarás as últimas notícias, fotos, vídeos e muito mais sobre a Rita. Espero que gostes do meu trabalho e volta sempre que quiseres.

.REDES SOCIAIS

FACEBOOK OFICIAL DO BLOG

FACEBOOK OFICIAL DA RITA

TWITTER OFICIAL

INSTAGRAM OFICIAL

.GALERIA DE FOTOS

.Informações do blog

Dedicado: Rita Pereira Desde:24 de Maio de 2008 Administradora: Patrícia

.Notícias recentes

. O Corpo de Rita Pereira!

. À conversa com Rita Perei...

.Arquivos

. Novembro 2018

. Julho 2018

. Março 2018

. Julho 2017

. Junho 2017

. Janeiro 2017

. Agosto 2016

. Março 2016

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds

Terça-feira, 17 de Julho de 2018

O Corpo de Rita Pereira!

r10.jpg

Em entrevista exclusiva, a atriz revelou-nos que não é por acaso que é a mulher portuguesa com mais fãs nas redes sociais. Exótica, sensual, inteligente e lutadora, eis Rita Pereira no papel principal.

r11.jpg

 

Rita, ainda te lembras da tua vida antes de seres conhecida? Como foi a tua transição para a fama?
Acho que não dei muito conta disso. Quando entrei para os Morangos com Açúcar, o produto era só mais uma novela, não era a loucura em que se transformou mais tarde… uma rampa de lançamento para a fama. As pessoas que faziam parte da minha série queriam realmente vir a ser atores, queriam aprender, ser melhores, eram humildes, unidos e cresceram muito uns com os outros. Não senti em momento algum “ok, eu agora sou famosa”. A abordagem na rua, os autógrafos, o carinho transmitido pelas pessoas, a admiração e até as invejas, tudo isso foi acontecendo e eu fui aceitando com naturalidade que, a partir daquele momento, seria assim.

Mas quais foram as maiores dificuldades que sentiste ou quiçá continues a sentir?

De se ser “famosa”? (não gosto nada dessa palavra…) As maiores dificuldades são conseguirmos ter estômago para aguentar com as mentiras das revistas cor-de-rosa que, muitas vezes, transmitem ao público aquilo que não somos, apenas porque aquilo que não somos vende mais do que aquilo que somos. Quanto às abordagens das pessoas – aos autógrafos, fotografias, abraços intermináveis – lido muito bem com tudo isso, aliás, gosto bastante de receber esse feedback por parte das pessoas e gosto sempre de retribuir-lhes o carinho. A verdade é que já passei horas a conversar com pessoas que apenas iam pedir-me um autógrafo e acabaram a sentar-se comigo a lanchar.

 

E as críticas que mais te magoaram? Como é que as contornas?
Bemmmm, tens mesmo a certeza de que tens espaço para esta entrevista?! (risos) Mas deixa-me dizer-te que o engraçado é que as críticas do público não me magoam quando percebo que são conclusões tiradas em resposta ao meu trabalho, magoam-me as críticas que são construídas a partir de notícias falsas que saem na imprensa sobre a minha vida pessoal ou sobre a minha personalidade. Essas sim, magoam, ou melhor, chateiam imenso.

Mas não te consideras uma mulher com sorte?
Os meus pais odeiam quando alguém os aborda e diz: “A sua filha teve uma sorte!!!” Isto por uma razão muito simples, eles viram o quanto eu lutei para estar onde estou, as centenas de castings em que levei nãos – em que me disseram que era gorda, que nunca ia conseguir… – as correrias constantes entre a Faculdade, os trabalhos como promotora e os castings, etc. As coisas não me caíram do céu! Eu não tive um tio, um padrinho ou um amigo que trabalhava na televisão. Tudo o que consegui foi com o meu pro- fissionalismo, suor, força de vontade e o acreditar que ia dar certo. Portanto, se me disseres que tenho sorte, respondo de imediato: talvez uma colher de café de sorte e uma colher de sopa de muito trabalho.

A beleza está sempre associada a hábitos saudáveis. O que fazes para manter a forma?
Toda a vida fiz desporto. Ballet, dança contemporânea, hip-hop, equitação, basket, mas quando entrei para os Morangos com Açúcar deixei de conseguir conciliar 12 horas de gravações com desporto. Não tinha força, não tinha vontade. Treinava de vez em quando, mas sem qualquer disciplina. Há cerca de um ano resolvi voltar a treinar a sério. Digamos que deixei de lado a preguiça. Acho que foi uma das “decisões dos 30”. Como sempre fiz desporto o corpo não teve qualquer problema em reabituar-se e voltou mais facilmente à boa forma…ou quase. (risos) Passei a treinar três vezes por semana no Holmes Place. Não dispenso as aulas de Total Condiciona-mento, Zumba, BodyPump e MIB. Depois costumo completar com mais uma hora de ginásio, isto porque quero compensar os músculos que não trabalhei nas aulas de grupo. Não dispenso também os jogos de basket com os meus amigos, as aulas de dança contemporânea dadas pelo meu grande amigo e excelente bailarino Tiago Careto.

E a comida, preocupa-te ou não ligas a isso?

Sim! Sempre fui gordinha em miúda. Costumo dizer que engordo com o ar. Tenho mesmo de ter uma alimentação saudável e regrada. Mas adoro comer
e se tiver uma jantarada com amigos ou família, como à-vontade. Se me apetecer loucamente H3, pão alentejano com queijo da Beira Baixa ou uma boa cachupa, como! Não sou obcecada. Também tenho a sorte de não gostar de chocolate, bolos, bebidas gaseificadas, fritos…

E por que achas que és a mulher portuguesa com mais seguidores nas redes sociais?

Não tenho, sinceramente, uma explicação lógica para isso… Penso que seja um misto de curiosidade, carinho, amor, ódio, que muitas pessoas sentem por mim. Mas também pode ser pelo facto de as pessoas perceberem que o que coloco na minha página é real. Não é para parecer bem, não são frases feitas que vou buscar ao Google, não são fotos onde só apareço linda, não são coisas que digo que gosto porque me ofereceram ou foram patrocínio.
Não tenho qualquer problema em aparecer sem makeup, dizer tudo o que penso, responder às mensagens, aceitar as críticas respondendo de volta, questionar as pessoas com perguntas das quais quero realmente saber as respostas. Peço-lhes ajuda em relação ao meu trabalho, não coloco posts para “encher chouriços” ou para que achem que sou maravilhosa. Acima de tudo, as pessoas sabem que sou mesmo eu que trato da minha página! Talvez seja por isto, não sei.

r3.jpg

r4.jpg

r5.jpg

r5 (1).jpg

r6.jpg

r7.jpeg

r16.jpg

r18.jpg

r1.jpg

r2.jpg

r12.jpg

r13.jpg

r14.jpg

r15.jpg

r8.jpg

r9.jpg

r10 (1).jpg

Fonte: Men's Health

publicado por *Patricia* às 10:42
link do post | comentar | favorito
Domingo, 19 de Abril de 2015

À conversa com Rita Pereira

44e295552fed151fab8504066822d942_m.jpg

 Estivemos à conversa com atriz durante o lançamento da nova linha True Perfection, da Oriflame

Como surgiu o convite para seres embaixadora da Oriflame?
Surgiu de uma forma muito engraçada. Eu tenho um fã que me acompanha para todo o lado e certo dia recebi uma mensagem no Facebook de um amigo dele a perguntar se eu poderia estar presente no aniversário dele. Aceitei e fui à empresa onde ele trabalhava, que por acaso era a Oriflame. Fiz-lhe a surpresa, cantei os parabéns e ofereci-lhe um presente. Também lá estavam os diretores da marca que, passado alguns dias, me contactaram a dizer que gostaram da minha atitude e que era este perfil de mulher que queriam que representasse a marca. E aqui estou, pelo segundo ano, como embaixadora.

Por seres uma figura mediática, sentes ainda mais a pressão da imagem, do corpo…?
Não, e até acho que é por isso que tenho tantos seguidores, porque assumo e lido muito bem com as minhas imperfeições. Sou uma mulher muito segura, com bastante autoconfiança e sinto-me bem com a minha imagem. Não me preocupo se saio à rua sem maquilhagem ou se estou mais gorda ou mais magra. Contrabalanço isso muito bem.

Mas tens algumas rotinas de beleza que não abdicas no teu dia a dia?
Desmaquilho-me sempre. Também sou incapaz de sair do banho e não colocar creme no rosto e no corpo. Mesmo quando estou na praia e saio da água do mar, tenho sempre que colocar creme. Uso sempre protetor solar, 50 na cara e 30 ou 20 no corpo. Há também outros cuidados básicos de que se fala muito, mas as pessoas continuam a não a fazer disso prática, que é o beber água. É muito importante para a pele, cabelo, digestão e circulação. Bebo facilmente um litro de água por dia.

E sempre te cuidaste ou passaste a ter mais cuidados depois de te tornares figura pública?
Sempre tive cuidado com a minha pele, talvez por ver sempre a minha mãe a ter esses cuidados. É engraçado porque ela sempre encomendou produtos de cosmética por catálogo e eu adorava a sensação de os ver chegar a casa. E, de repente, ser capa de um desses catálogos é muito interessante. A minha mãe também ficou muito orgulhosa.

Continuas a fazer desporto?
Sim! Agora comecei a fazer boxe. Não deixei o crossfit, nem a dança, mas sou uma pessoa que não gosta de fazer sempre as mesmas atividades. Então, uns dias faço dança, noutros crossfit, ginásio trabalhar os músculos que não trabalhei no dia anterior, por aí... Atualmente, pratico boxe uma vez por semana, e estou a adorar! Trabalha imenso o corpo, descobri músculos que não sabia que tinha. Abdominais, costas são trabalhados de uma forma absolutamente extraordinária.


Fala-me dos teus projetos para o futuro...
Agora vou começar a gravar uma nova novela que se chama “A única mulher”. Estou muito entusiasmada. Amo a minha personagem. É uma bailarina, portanto também muito ligada ao desporto, com um corpo muito tonificado. É uma mulher segura, cheia de power e que a família é tudo para ela. Até aqui consigo identificar-me com a personagem. Depois vai fazer umas maldades, que aí já não se identifica em nada comigo.

Fonte: Women's health

publicado por *Patricia* às 13:09
link do post | comentar | favorito

.Copyright Info / Info Adicional

Todos os gráficos e conteúdo original pertence ao blog Rita Pereira Portugal. Outras imagens e textos pertencem aos seus respectivos proprietários. Não há nenhuma intenção de ferir qualquer direito autoral. Este site NÃO É oficial e não tenho nenhum contacto com a Rita Pereira, TVI ou qualquer entidade oficial ligada á mesma. Sou apenas uma fã que faz um blog para outros fãs. Free counter and web stats