Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ritapereiraportugal

ritapereiraportugal

24
Nov12

Confissões de Rita Pereira e Mickael Carreira

*Patricia*
Em foco nos últimos dias, devido ao lançamento do videoclip “Porque Ainda Te Amo”, onde fazem par romântico, o cantor Mickael Carreira e a atriz Rita Pereira deram uma entrevista conjunta.


FAMA: Mickael, é verdade que a Rita foi a sua primeira escolha para contracenar consigo no videoclip do seu single “Porque Ainda Te Amo”?
MICKAEL: Sim, pensei logo na Rita porque este videoclip vive muito do “acting” e por isso a Rita foi a minha primeira escolha. Fiquei muito contente quando ela aceitou o meu convite.
RITA: Duas semanas depois… (risos)
MICKAEL: Acho que não foi tanto tempo. Ela é chata (risos). Quis ler primeiro o “storyboard” e conhecer bem a história. Só depois aceitou, e ainda bem.

FAMA: É verdade que a Rita impôs a condição de não beijar o Mickael?
RITA: É verdade, embora não tenha sido propriamente uma imposição. Só achei que não se justificava e que eu, como atriz, conseguiria passar todo o amor que ele (Mickael) e o realizador queriam sem ser necessário um beijo, que eu sei que ia causar bastante polémica. Em Portugal, e repito, em Portugal, ainda não se consegue distinguir a vida profissional da vida pessoal.

 



FAMA: Já estava a ver os títulos com outro namorado em perspectiva?
RITA: Não, eu não, mas a imprensa com certeza. E, então, eu que beijo dezenas de atores no meu trabalho (em todas as novelas beijo um ator diferente), falei com o Mickael e disse-lhe que a questão não era o beijo, mas sim o facto de a imprensa não saber distinguir a nossa vida profissional da nossa vida pessoal. A questão foi única e exclusivamente essa.

FAMA: Têm a noção de que mesmo sem o tal beijo são inevitáveis os comentários do género, “clima de grande intimidade, enorme cumplicidade”…
RITA: Sim, claro. Aliás, isso viu-se logo no dia seguinte. A primeira notícia que saiu dizia no título “Mickael Carreira seduz Rita Pereira” e só depois, em letrinhas pequeninas, esclarecia que era “no videoclip”. Já sabia que era inevitável isso acontecer.

FAMA: Mas apesar da imprensa, acabou por aceitar o convite…
RITA: Sim, claro. Sabia que ia ser assim, mas daqui a uma semana já se vai falar de outra coisa, pode ser o lançamento da minha novela ou o Mickael dá um concerto, ou vão-lhe arranjar outra namorada (risos) e os nossos caminhos vão acabar por se separar naturalmente. Eu estou altamente habituada, mas custa-me um bocadinho o Mickael ter de passar por isto…


(...)

FAMA: Agora a pergunta difícil… Nos últimos meses tem-se falado muito da sua relação, que ainda não confirmou, mas que também não desmentiu, com a Laura Figueiredo. Esta semana saiu uma notícia a dizer que já estariam a partilhar casa. Quer comentar?
MICKAEL: Não quero comentar e vou-lhe dizer porquê…
RITA (interrompendo): Não justifiques. Não comentas e pronto. Só. Não acrescentes mais nada.

FAMA: Rita, está a dificultar o nosso trabalho…
RITA: Não estou nada. Estou só a ensiná-lo, a ajudá-lo. Eu tenho mais jogo de cintura com a imprensa. Acho que o Mickael é muito mais querido, ingénuo, se quiser, do que eu e por isso estou a ajudá-lo, só isso. Quando eu digo que não comento, paro por ali. Porque, se eu justificar, a resposta vai ser usada contra mim.
MICKAEL: Pronto, está dito: não comento!


(...)

FAMA: E a Rita, recebe muitas propostas indecentes? Os homens são muito atrevidos?
RITA: Já tive alguns malucos. Mas acho que as mulheres nestas coisas são muito mais atiradiças, são muito mais malucas. A mulher, com a figura pública, com o ator, com o cantor, é muito mais atrevida. Eu sinto muito que os homens, entre os 15 e os 40 anos, (e note-se que fico feliz com essa reação) ficam um bocado inibidos na minha presença e têm maior dificuldade em dizer alguma coisa, não estando bêbados, do que uma mulher na mesma situação. A não ser em algumas festas, em que ficam mais à vontade…

 


 

FAMA: Não vos incomoda, por exemplo, ir ao supermercado comprar pão e sentirem que estão a ser olhados?
RITA: É uma questão de hábito. Eu habituei-me a viver com os olhares. Costumo dizer que quando vou comprar pão, o pão não é só para mim, as pessoas ficam sempre a olhar para ver qual é o pão que eu compro, como é que vou pegar no pão, quanto é que pago por ele. Será que o pão que eu escolho é tão bom como o delas? Nunca estou sozinha, nunca janto sozinha, mesmo que esteja sozinha, as pessoas estão sempre a olhar. Às vezes é bom estar sozinho e é para isso que serve a nossa casa.
MICKAEL: Eu gosto de ir ao supermercado comprar o pão e escolher as minhas coisas. Os olhares fazem parte e, normalmente, quando sou abordado, as pessoas são muito simpáticas e nada “invasivas”.

 

Fonte: ritapereirafans

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

BEM-VINDO/A!

Bem-vindo/a a este blog dedicado à talentosa atriz portuguesa Rita Pereira. Aqui encontrarás as últimas notícias, fotos, vídeos e muito mais sobre a Rita. Espero que gostes do meu trabalho e volta sempre que quiseres.

Informações do blog

Dedicado: Rita Pereira Desde:24 de Maio de 2008 Administradora: Patrícia

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D